Em partida difícil, Chapecoense vence o América MG

20 de agosto de 2013 • 22h08Esportes • 1076 Visualizações • Nenhum comentário em Em partida difícil, Chapecoense vence o América MG

A Chapecoense não foi superior, mas teve mais uma vez no aproveitamento a sua melhor arma e ontem venceu o America Mineiro na Arena, se aproximando do líder Palmeiras e ficando a 10 pontos do quinto colocado, fora do G4. Bruno Rangel voltou a marcar em partida que Athos fez, além do primeiro gol, a diferença. O time vai desfalcado para Bragança sábado.

athos--chapecoense

O América se impôs nos instantes iniciais da partida, mas em casa logo a Chapecoense retomou as rédeas e passou a dominar com diversos lances de ataque e ate pênalti reclamado. No entanto o time Mineiro ia com força para o ataque e o jogo ficou bastante movimentado nos minutos iniciais em função de jogo aberto. No entanto as zagas prevaleciam, mas Nivaldo trabalhava mais.

Aos 18 minutos Marcão sozinho com Nivaldo perdeu a primeira grande chance ao tentar encobrir. O America era de novo melhor na partida e forçou Wanderson a cometer várias faltas. Levou amarelo e esta fora do jogo em Bragança sábado à tarde. A Chapecoense teve sua melhor oportunidade aos 25 minutos, com chute forte de Fabiano que Mateus mandou para escanteio. Ora a Chapecoense, ora o time mineiro crescia. Segundos depois Fabinho Alves sem marcação deixou de abrir o placar. Athos de um lado e Danilinho do outro tinha marcação cerrada. Aos 35 minutos, com cinco escanteios a favor, Marcão perdeu outra oportunidade.

A máxima de quem não faz leva, foi confirmada e Athos que estava apagado mandou para as redes aos 37 minutos. Fabinho dividiu com zagueiros e a bola sobrou para o meia quer venceu o goleiro Mateus, num momento em que o América estava melhor e pressionava. Mais faltoso o jogo se encaminhou para o final da primeira etapa sem mais oportunidades. O visitante teve mais oportunidades e no geral foi melhor, com cinco escanteios a favor contra dois.

Marcão cansou de perder gols ontem e logo aos dois minutos do segundo tempo sem marcação mandou cruzamento para cima do gol. Em seguida Danilinho tentou por cobertura em blitz do time americano que manteve a pegada. Jogo aberto os dois times buscavam o ataque, o América com mais insistência, mas os zagueiros prevaleciam. Nivaldo só interveio aos 15 minutos. Vulnerável no meio campo, a Chapecoense colocou Diego Felipe em lugar de Danilinho que vinha bem e o time mineiro trocou Willians por Bady. Sem pressionar mais o America deixava o adversário jogar no contra ataque e Diego Felipe quase amplia as 21. Apagado, Bruno Rangel aproveitou a única oportunidade que teve aos 22 minutos. Recebeu de cabeça de Athos e na saída de Mateus ampliou, fazendo seu 18ª gol.

Aos 30 minutos o dono da casa já mandava na partida e mostrava mais preparo físico que o adversário. Fabio Junior no lugar de Marcão foi a resposta do técnico Paulo Comelli. Faltoso, Diego Felipe levou o terceiro amarelo e também fica fora do próximo jogo.  Glaydsson entrou para fechar o meio e mandou o artilheiro para o banheiro mais cedo. Wanderson disposto a manter o resultado se excedeu e acabou expulso no final.

Chapecoense: Nivaldo; Fabiano, Rafael Lima, Andre Paulino e Fabinho Gaucho; Wanderson, Paulinho Dias, Danilinho (Diego Felipe) e Athos (Soares); Bruno Rangel e Fabinho Alves. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

America (MG): Mateus; Leandro Silva, Alberto, Vitor Hugo e Danilo (Braiam); Claudinei, Leandro Ferreira, Nicao e Rodriguinho; Willians (Bady) e Marcão. Técnico: Paulo Comeli

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE), auxiliado por Arestides Pereira da Silva Junior (PR) e Luciano Roggenbaum (PR).

Gols: 1º tempo Athos (37min) 2º Tempo. Bruno Rangel (22min). Publico: 6.815. Renda R$ 67.875. Local: Arena Conda, Chapecó.

Conteúdo Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »