Prefeito de Tangará é preso com dois empresários de Chapecó por suspeita de fraudes em licitações

10 de março de 2016 • 14h03Geral • 388 Visualizações • Nenhum comentário em Prefeito de Tangará é preso com dois empresários de Chapecó por suspeita de fraudes em licitações


De acordo com o Gaeco, esquema direcionava licitações para maquinário.
Funcionária
Zoldane Fonseca também teve mandado de prisão cumprido no sábado (27).

 
Esquema criminoso envolve venda de peças de maquinários, como patrolas 
(Foto: Eduardo Cristófoli/RBS TV)


O prefeito de Tangará, Euclides Cruz, foi preso preventivamente na manhã do sábado, 27/02,  por suspeita de envolvimento em uma organização criminosa que fraudava licitações
no município do Oeste catarinense. Uma funcionária da prefeitura,
Zoldane Fonseca,  também
teve o mandado de prisão cumprido, mas por enquanto não foram
divulgadas informações sobre o caso dela.


De acordo com o promotor Joel Rogério Furtado Junior, coordenador do
Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em
Lages, as investigações da Operação Patrola indicam a participação do
prefeito em um esquema que direcionava licitações da venda de peças de
máquinas pesadas, como patrolas.


“As investigações indicam que o prefeito, além de saber, estava
envolvido no esquema”, afirmou o promotor. De acordo com Furtado, o
Tribunal de Justiça expediu o mandado de prisão preventiva no fim da
tarde de sexta-feira (26).


O prefeito foi encaminhado ao Presídio de Videira, informou o promotor.

Outras prisões

 
Na segunda-feira, outras seis pessoas de integrar o esquema foram
presas no Oeste – três empresários e três servidores públicos da
prefeitura. Além das prisões,
segundo o Ministério Público estadual, na operação foram
cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e três de condução
coercitiva. 

Todos os presos estão no presídio de Videira, incomunicáveis.

Operação Patrola

 
A ação integra a Operação Patrola deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). 


O nome ‘Patrola’ foi escolhido pois a investigação apontaria
irregularidades no uso de maquinários pesados de propriedade do poder
público.

G1   SC 



Fonte: http://clauderio.blogspot.com/2016/03/prefeito-de-tangara-e-preso-com-dois.html

Conteúdo Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »